Palestrantes Confirmados

Paul Zimnisky

Palestra: A indústria de diamantes naturais em 2018, para onde vamos a partir daqui?

Paul Zimnisky é referência, considerado um analista líder global do setor de diamantes, estabelecido na região metropolitana de Nova York. Sua pesquisa e análise sobre a indústria de diamantes é aproveitada globalmente por investidores institucionais, bancos e casas de investimento como Fidelity Investments, HSBC e Scotiabank; empresas de consultoria como KPMG, Boston Consulting Group, Frost & Sullivan e agências governamentais e não-governamentais como a Divisão de Política Fiscal dos Territórios do Noroeste do Canadá, o Ministério das Finanças da Namíbia e o Fundo Monetário Internacional.

Paul é um colaborador regular dos principais periódicos e sites de comércio da indústria, incluindo o London Mining Journal, Kitco, Mining.com e Mining Review Africa, e é regularmente citado por meios de comunicação proeminentes, incluindo Reuters, Financial Times, CBC, Bloomberg, Times of Índia e a  Agência France-Presse.

Antes de seu trabalho como analista independente do setor de diamantes, Paul trabalhou na indústria financeira e de investimentos por mais de 10 anos em várias funções, inclusive como analista de metais e mineração em Nova York. Paul é graduado pela Universidade de Maryland Robert H. Smith School of Business, com bacharelado em Ciências Financeiras.


Ken Johnson

Palestra: A mina de diamantes Braúna – o desenvolvimento do primeiro produtor de diamantes a partir de um depósito de  Kimberlito no Brasil

Ken Johnson possui 27 anos de experiência em pesquisa e exploração de diamantes, também atuante no desenvolvimento, produção e financiamento de projetos diamantíferos. Durante sua carreira, ele pesquisou e desenvolveu depósitos de diamantes no Canadá, África Central, África do Sul e mais recentemente no Brasil, à frente da Mina Braúna, a primeira mina de diamantes da América do Sul desenvolvida a partir de depósito kimberlítico. A Lipari Mineração foi criada em 2008, por Ken, que levantou mais de US$ 65 milhões em financiamentos para o desenvolvimento da Mina Braúna. Antes da criação da Lipari, Ken foi o presidente e CEO da Vaaldiam Resources Ltd, uma empresa de capital aberto, listada na Bolsa de Valores de Toronto, que ele fundou em 1.998. Vaaldiam Resourses Ltd financiou a exploração e o desenvolvimento de projetos diamantíferos na África do Sul, Canadá, África Central e Brasil. Na República Centro-Africana, Ken foi responsável pela descoberta e desenvolvimento da mina de “MBala”, depósitos aluviais de diamantes, que foi um empreendimento em conjunto com “Trans Hex Group” da África do Sul, ele também foi o responsável pela descoberta do depósito de ouro “Passandro”, situado na mesma região, um depósito de 2,3 milhões de onças de ouro e que agora pertence à “Axmin Inc”.

No Brasil, a Vaaldiam financiou o desenvolvimento de minas de diamantes aluviais nos estados de Minas Gerais e Mato Grosso, e exploração de kimberlitos juntamente com a Rio Tinto, no distrito diamantífero de Pimenta Bueno, estado de Rondônia, bem como a aquisição, sondagem e amostragem inicial dos kimberlitos Braúna, na Bahia. Ken é graduado com B.Sc. em geologia pela Universidade de Windsor, no Canadá, e obteve seu diploma em 1982, fez também a especialização na avaliação de diamantes brutos, obtendo sua certificação como  avaliador de diamantes brutos em Johanesburg, África do Sul em 2002. Ele tem sido frequente palestrante para a indústria de diamantes na convenção anual do PDAC – Prospectors and Developers Association of Canada, onde foi diretor entre 1998 e 2001.


Kimberley Webb

Palestra: Petrografia: por que e como aplicá-lo desde a fase inicial de exploração de diamantes até a mineração

Kimberley é consultora “Principal Consultant” com 22 anos de experiência em geociências na indústria de diamantes. Ela possui especialização em petrografia e desenvolvimento de modelos geológicos de kimberlitos e lamproitos em apoio à pesquisa, exploração, avaliação, estimativa de recursos e planejamento de minas. Ela contribuiu para projetos no Canadá, África do Sul, África Central e oeste da África, Índia, Austrália, Rússia e Ucrânia.

Kimberley realiza auditorias de modelos geológicos, elabora programas de sondagem e amostragem, fornece treinamento em “logging”, levantamento de dados geológicos, métodos de amostragem e petrografia. Ela é autora colaborativa em vários relatórios técnicos NI 43-101 para kimberlitos e ministra vários cursos de curta duração e apresentações em conferências sobre geologia e avaliação do kimberlito.


Casey Hetman

Palestra: Gahcho Kue e Kelvin Kimberlite Clusters, NWT Canadá: avanços em exploração e geologia ao longo de 20 anos

Casey Hetman é Consultor Corporativo e tem seu escritório em Vancouver. Casey é graduado na Universidade de Toronto, Departamento de Geologia e obteve seu diploma de Geocientista pela British Columbia, Ontario e os Territórios do Noroeste e Nunavut. Ele possui mais de 20 anos de experiência internacional em pesquisa, exploração e mineração.

O foco do trabalho de Casey tem sido a geologia de depósito de diamante, ouro e metais de base. Ele vem realizando pesquisas de campo em 18 países, em mais de 40 diferentes operações de mineração. Esses levantamentos envolveram uma variedade de trabalhos, incluindo a análise detalhada de testemunhos de sondagem, afloramentos e rochas expostas combinadas com as revisões de vários conjuntos de dados, incluindo petrografia, geofísica e informações de teor. Modelos geológicos tridimensionais foram produzidos com a finalidade de orientar e dirigir atividades de exploração e planejamento de mineração, bem como para classificação de recursos e relatório NI 43-101.

Além da geologia econômica, Casey está ativamente envolvido em pesquisa e desenvolvimento. Ele é autor e co-autor de 12 manuscritos e participa regularmente de conferências de geologia e faz apresentações técnicas sobre geologia do kimberlito internacionalmente.


Jarek Jakubec

Palestra: Projetos de diamante da geologia à mineração

Jarek Jakubec é Consultor Coorporativo e Gerente do grupo de Mineração e Geologia – SRK Canadá, no escritório localizado em Vancouver. Possui mais de 28 anos de experiência operacional e em consultoria na indústria de mineração e seu foco pessoal é na mineração de diamantes e métodos de mineração em larga escala. Após oito anos em pesquisa, exploração e mineração na Europa e no Canadá, Jarek juntou-se à De Beers Consolidated Mines na África do Sul e Botsuana, onde liderava a equipe Geotécnica de grandes minas de diamante a céu aberto.

Jarek começou na SRK em Vancouver em 1.997, construindo ativamente a equipe de mineração e geologia, promovendo serviços de consultoria, especificamente para mineração em larga escala na indústria de diamantes. Sua experiência pessoal abrange o gerenciamento de projetos de viabilidade, due diligence, auditorias técnicas para seleção de métodos de lavra e avaliação de recursos para diamante. Durante sua carreira, Jarek teve a oportunidade de trabalhar e estar envolvido em interessantes projetos e minas operacionais pelo mundo. Ele teve participação em mais de 70 projetos em 17 países dos 5 continentes e completou mais de 20 auditorias técnicas e operacionais, muitas delas com estudos para due diligence. Publicou mais de 20 artigos sobre geologia, mecânica de rochas e mineração. Também esteve envolvido em inúmeros projetos de pesquisa e estudos, com grande destaque na elaboração do relatório NI 43-101.”


Barbara Scott Smith Ph.D., P.Geo.

Palestra: Kimberlito Terminologia e Classificação: Uma abordagem gradual aperfeiçoada e racionalizada

Barbara conquistou seu Ph.D. em 1977 na Universidade de Edimburgo e em seguida, trabalhou como principal mineralogista de pesquisa em empreendimentos relacionados a diamantes para “Anglo American Research Laboratories” e para a Unidade de  Petrologia do Kimberlito da “De Beers” na África do Sul. Desde 1982, ela exerce consultoria independente em Vancouver-Canadá, onde oferece serviços especializados em geologia de kimberlito, aplicada a projetos em todo o globo na exploração de diamantes e mineração em empresas de pequeno a grande porte.

Viagens profissionais levaram Bárbara a 25 países (EUA, Groenlândia, Austrália, Europa, África do Sul, Lesoto, Zâmbia, Namíbia, Botsuana, Zimbábue, Tanzânia, Costa do Marfim, China, Índia, Brasil, Yakutia e Arkhangelsk na Rússia). Além disso, nas últimas duas décadas, pesquisas incluíram a maioria dos campos de kimberlito no Canadá. Consultoria e pesquisas relacionadas levaram a muitas publicações, incluindo mais de 40 artigos revisados.

Durante o período de abril de 2001 a outubro de 2003, Barbara criou e dirigiu a Unidade de Petrologia do Kimberlito da “De Beers” no Canadá, até a sua transferência de Vancouver para a sede em Toronto. Desde então, além de dar continuidade nas consultorias, Barbara compartilha sua vasta experiência e especialização através da “Scott-Smith Petrology Inc.” oferecendo oportunidades únicas no ensino sobre kimberlito através de “cursos práticos”, orientação e coaching. As instalações no local e toda a dedicação ao treinamento, se tornaram referência para a pesquisa em kimberlitos.

Ao longo de sua carreira, Barbara participou na orientação e treinamento de vários estudantes com mestrado e doutorado, e muitos funcionários de empresas clientes, nas áreas de exploração e mineração. Em 2000, tornou-se Professora Adjunta na “Earth and Oceanographic Sciences, University of Britsh Columbia”, onde participa em pesquisas de kimberlito com Maya Kopylova (Laboratório de Exploração de Diamantes) e Kelly Russell (Laboratório de Vulcanologia e Petrologia), ministrando a pós-graduação e supervisionando estudantes de pós-graduação.

Em 2003, ela co-convocou a “8th  International Kimberlite Conference” e, em 2006, o “International Workshop on Kimberlite Emplacement” e foi Editora Convidada da coletânea de conhecimento de ambos eventos. As afiliações profissionais incluem: Associação de Engenheiros Profissionais e Geocientistas da Província de British Columbia, Canadá (P. Geo.) e “Chartered Geologist of the Geological Society” de Londres, Reino Unido (C. Geol.). Barbara recebeu em 2009 o Prêmio “Hugo Dummett Diamond Award” por excelência em exploração e desenvolvimento em projetos para diamantes e em 2014 recebeu a medalha  “Duncan R. Derry” para geologia econômica.


Moniélle Martins

Carolina Kimberlite and the Exploration Potential of the Pimenta Bueno Diamond District – Rondônia – Brazil

Moniélle Martins é graduada em geologia pela Universidade de Brasília. Durante o período de graduação realizou pesquisas com foco em petrografia e geoquímica no kimberlito Carolina, na Província Pimenta Bueno, Rondônia. Em 2017, Moniélle iniciou mestrado acadêmico junto à Universidade de Brasília com temática em xenólitos mantélicos na mesma intrusão de estudos pretéritos.

Atualmente é geóloga júnior na Lipari Mineração Ltda., e desenvolve trabalhos na mina de diamantes Braúna, onde é uma das responsáveis por integrar informações geológicas e realizar a interface mina-planta. Também atua na área de exploração, com pesquisas em áreas near mine e brownfield.


Dr. José Paulo Donatti-Filho

Novo Modelo Geológico, reconhecimento e terminologia de fácies do Campo Kimberlítico Braúna, Bahia – Brasil.

É Doutor e Pesquisador Colaborador pela Universidade Estadual de Campinas. Hoje atua como Gerente de Exploração e Planejamento pela Lipari Mineração Ltda. na mina de diamantes Braúna. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Geotectônica e Petrologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Evolução Crustal, Geoquímica, Geocronologia e Geologia Econômica do Diamante.

 


Ricardo Kalikowski Weska

Química Mineral de Minerais Indicadores e Geotermobarometria da Intrusão  Kimberlítica Santa Fé 3

Graduado Geólogo pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos-UNISINOS em 1977, Mestrado pela Universidade de Brasília-IG-UNB e Doutor pela Universidade de São Paulo-IG-USP. Profissional com atuação na iniciativa privada e na Universidade Federal de Mato Grosso, na Faculdade de Geociências, com atuação na área de Prospecção e Geologia Econômica  aposentado como Professor Titular. Nos mais de 40 anos de trabalho, tem como atividade principal a geologia do diamante em corpos primários e depósitos de placeres no centro-oeste e norte brasileiro.


José Ricardo Pisani

Diamante no Brasil, Uma Janela de Oportunidades Ainda a Ser Explorada

Geólogo com MBA em Gestão Empresarial e experiência de 27 anos em gestão de projetos de mineração, descobertas e desenvolvimento de depósitos minerais em empresas multinacionais. Profissional Qualificado pela CBRR para Exploração Mineral e Estimativa de Recursos e Reservas Minerais, com foco em diamante primário (kimberlitos) e aluviões (diamante e ouro).

  • Executivo com foco em projetos de operação e desenvolvimento;
  • Experiência em empresas multinacionais de capital aberto, listadas em bolsas de valores e empresas privadas;
  • Participação e comando em processos de M & A, liderando a definição de metas, aquisições, due-dilegences, negociação e conclusão do processo com integração de equipes e team building;
  • Controle e operação no Brasil, como Country Manager, de empresa canadense listada em bolsa e com duas minas a céu aberto com equipes combinadas de mais de 300 funcionários;
  • Desenvolvimento de oportunidades e avaliação de projetos;
  • Estruturação e gestão de equipes multiculturais e multifuncionais.